O COMPORTAMENTO DO BRASIL NO CONSELHO DE SEGURANÇA DA ONU: DIPLOMACIA E PROPOSITURA NAS DISCUSSÕES SOBRE AS OPERAÇÕES DE PAZ NO TIMOR LESTE

Wemblley Lucena de Araújo, Thalita Franciely de Melo Silva

Resumo


Este trabalho realiza um exame descritivo do comportamento do Brasil no Conselho de Segurança das Nações Unidas (CSNU) diante das discussões sobre as operações de paz no Timor Leste. A questão timorense elevou o tom do debate no CSNU, a partir de 1999, quando a região é invadida pela Indonésia e desencadeia-se um significativo conflito na região. Dos debates no seio do CSNU, o Brasil se coloca como ator relevante no processo de resolução da problemática timorense. Dado a magnitude do empreendimento diplomático brasileiro, a análise do trabalho pautar-se-á, especificamente, sobre o comportamento do Brasil no CSNU durante os mandatos 1998-1999, 2004-2005 e 2010-2011. O exame destes biênios intercepta a presença brasileira no CSNU, na qualidade de membro eletivo, períodos em que se discutiam o problema timorense e os possíveis mecanismos de estabilização da paz para aquela região. Do ponto metodológico, consultaram-se documentos oficiais do CSNU (resolutions e statments) aplicando, assim, tratamento analítico e qualitativo, além de revisão da literatura especializada. Constam-se que as posturas do Brasil no CSNU estiveram orientadas pelos princípios tradicionais que norteiam a política externa brasileira como meio de modular as posições do Brasil no CSNU em consonância com os interesses nacionais.

Texto completo:

01-20 | PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 2447-2646